quinta-feira, 26 de maio de 2011

Complicada e perfeitinha...

Costumo dizer que sou uma pessoa NORMAL, sem manias. Acho que o fato de dizer isso, já é uma mania, velada, mas é.

Tenho tentado me conhecer melhor, achar meus defeitos, revirar meus monstros e tentar me redescobrir. E uma coisa que muito tem me preocupado, são manias que até então achava normal, mas que se eu não ficar atenta, posso virar uma versão feminina do Senhor Roberto Carlos, cheia de T.O.C. Segue uma listinha de ‘manias’.

- Desde o surto de H1N1, lavar as mães e passar álcool virou minha rotina. Sempre tenho meu álcool na bolsa;

- Meu dinheiro nunca está bagunçado na carteira. Arrumo as notas em ordem decrescente, e todas viradas para o mesmo lado.

- Banheiro público, sempre vou na última cabine. Até foi isso que me assustou, ontem, no congresso que estou participando, entrei no banheiro, e aguardei para usar a última cabine. Detalhe, tinha outras duas vazias, e sem perceber, eu esperei para usar a última.

- Todas as noites faço religiosamente as mesmas coisas antes de dormir, como um robô.

Agora é sério, a partir de hoje, vou tentar não fazer nada disso. Já baguncei o dinheiro na carteira. Xixi, farei em qualquer cabine, vou tentar sair da minha rotina diária...mas o álcool, pra quem usa transporte público em São Paulo, ainda ficará na minha bolsa.

Beijocas...


2 comentários:

Mirela Leme disse...

Lu,

Eu sempre usei o último banheiro, sempre. Acho que a maioria das mulheres não pensam como a gente e tem preguiça de ir até o final do corredor. Então, o último banheiro é sempre o mais limpo.

Isto me fez lembrar que eu tenho o rascunho de um texto em algum caderninho perdido, que fiz em dezembro de 2006, enquanto esperava a chuva passar pra eu descer do carro. Era sobre o último banheiro.

Que lindo saber que até em manias, somos parecidas. Eu não sou nada normal, tenho muitas delas. Nem saberia fazer um post.

Beijos!

Nayara C'Oliveira - Naná disse...

Olha, eu não acho estranho termos manias. Eu também tenho muitas.

Mas confesso que"lavar as mães e passar álcool" me assustou um pouco! Haha

Beijos, que saudades.