sábado, 11 de julho de 2009

Relicário

Lembro e coleciono memórias, fragmentos perdidos do que não existe mais no mundo, mas ainda vive dentro de mim. Inclusive sou uma eterna saudosista. Na tarde chuvosa deste sábado, uma mordida em um pé de moça (aquele pé de moleque bem molinho e ‘tudibom’ ), me fez abrir um bauzinho de lembranças que há tempos estava guardado.

O sabor do doce parecia com aquelas delícias feitas pela minha avó, e que em um dia como hoje, enquanto ela mexia o pé de moleque, eu e meus irmãos brigávamos para ver quem ia raspar a panela.

Além do doce, ai aquele cheirinho de açúcar queimado...hummmm.
E a paciência da minha avó ao recolher ‘balinhas de açúcar’, quando o mesmo começava a derreter. Lembro de cheiro, do gosto e de cada momento bom.

Enfim, minha memória é tão boa que eu me lembro de tudo. Lembro frases dos filmes aos quais eu assisti há anos, lembro da roupa que as pessoas usavam no dia em que as conheci, lembro de cada data, cada dia, cada gesto.Lembro de cada palavra que me dizem e da expressão no rosto de quem as pronunciou.

Falando em lembrança, como não fazer uma sessão ‘remember’ de coisas que jamais deveriam acabar: minha avó, cheiro de doce no ar, tarde fria com bolinho de chuva, sessão da tarde com o filme ‘Curtindo a vida adoidado‘, férias escolares, Xou da Xuxa, Smurfs, Bozo, Castelo Rá Tchim Bum, Bambalalão, amarelinha na rua, esconde-esconde, polícia e ladrão, mãe da lata (esta brincadeira era da turma da minha rua), casinha com minha mãe (mas eu era a mãe e ela minha filha), patins, bicicleta, Lítero, bailinhos, nossaaaaaaaaaa....se for listar tudo não termino hoje.

Lembro de tudo de bom que vivi. Lembro também de tudo que não foi tão bom assim, mas me fez mais forte. E vou ficando assim...com a memória lotada, o coração apertado e um desejo incontrolável de lembrar sempre e sempre.

Beijocas

3 comentários:

Mirela Leme disse...

Ai, que post que me deixou triste, e mais nostalgica que já estava...

Eu já fui uma pessoa com a melhor memória que já conheci...

Hoje acho que ela é você...

E eu? Esqueço tudo, ou quase tudo, de um dia pro outro...

nayara disse...

Queria poder lembrar de tudo...de todos os momentos...de todos os risos ou lágrimas...de cada voz ou de cada rosto...

Porque de uma forma ou de outra...nosso passado faz tanto parte do presente quanto o futuro...

Então, há algo melhor do que as lembranças?

BeijoOo

monica de luca disse...

EI!!! LEMBRA DE MIM???


BJS...