sexta-feira, 26 de março de 2010

O Fretado da Vida

As pessoas que me conhecem, sabem que acabo me envolvendo totalmente nas amizades, e tenho sim as pessoas como uma extensão da família. Escrevo isso hoje porque desde que comecei uma vida no fretado Nova Odessa/ SP, passei a fazer parte da família do fretado, que já estava praticamente formada e me receberam super bem.

Porém esta família é mais ingrata, não por motivos que nós temos o controle, e sim por motivos de força maior, porque os contratos terminam (como no caso da Adriana Longo), existem demissões, como agora aconteceu com o Ricardo, e assim, vamos perdendo alguns membros de nossa família.

Claro que chegam novos amigos, como no caso do Jaime, do Chicão, mas como numa família mesmo, uma presença não substitui a outra. E hoje me lembrei de um texto (que tomei a liberdade de fazer algumas alterações), e que destino a todos nós:

“O Fretado da Vida”

A vida à uma viagem de fretado.Quando nascemos entramos nesse ônibuse nos deparamos com algumas pessoas que julgamos,estarão sempre nessa viagem conosco.Infelizmente, isso não é verdade.Em alguma estação eles descerão e nos deixarãoMas isso não impede que, durante a viagem, pessoas interessantese que virão a ser super especiais para nós, embarquem.
Muitas pessoas tomam esse fretado, apenas a passeio.Outros encontram nessa viagem, somente tristezas.Ainda outros circularão pelo ônibus,prontos para ajudar a quem precisa.


Muitos descem e deixam saudades eternas, outros tantos passam por ele de uma forma que, quando desocupam seu acento, ninguém nem sequer percebe.
Curioso é constatar que alguns passageiros, que nos são tão caros,acomodam-se em bancos diferentes dos nossos.Não importa, é assim a viagem: cheia de atropelos,sonhos, fantasias, esperas, despedidas...

Façamos essa viagem então, da melhor maneira possível,tentando nos relacionar bem com todos os passageiros,procurando em cada um deles o que tiverem de melhor.Lembrando sempre que, em algum momento do trajeto,eles poderão fraquejar e provavelmenteprecisaremos entender isso, porque nós tambémfraquejaremos muitas vezes e, com certeza,haverá alguém que nos entenderá.

O grande mistério afinal é que jamaissaberemos em qual parada desceremos, muito menos nossos companheiros,nem aquele que está sentado ao nosso lado.

Beijocas...

3 comentários:

Ricardo Souza disse...

Bom, sabe que sou seu fã numero 1 e tá na hora de vc colocar seu blog em alguma coluna de jornal :) (assim como o Marley & Eu) hehehe Faço parte desse fretado e posso dizer que é um orgulho ter vocês como amigos ! Bj

Adriana Longo disse...

Oii Lú!! lindo texto, amei vc ter me citado viu! rs saudades de todos vcs adorei ter participado desta família do fretado e não esquecerei jamais dos momentos de risadas e de tensões que passamos! bjão

Nayara C'Oliveira - Naná disse...

Sempre que conquistamos novas amizades ganhamos novas famílias, as vezes, os laços ficam mais fortes do que com parentes que moram longe e que vc consegue, tranquilimente, vivem sem ver e tals.

Digo isso porque eu ganhei uma nova familia quando conheci você e a Mica. Na verdade ganhei duas irmãs, duas mães, duas amigas e duas jornalistas que serei pra sempre a maior admiradora.

Lindo post. Beijo